quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Kidult, Young Adult (YA) ou New Adult (NA)?


Até ontem eu não sabia que tinha uma diferença entre o NA e o YA, na realidade os dois eram iguais na minha cabeça. Como sempre fui muito lerda com esses "novos gêneros" literários fui dar uma pesquisada e resolvi juntar o que aprendi para mostrar aqui no blog. Acredito que não sou a única que não vê muita diferença entre os dois "gêneros". No meio dessa brincadeira eu até descobri o "gênero" Kidult também, mas calma que vou explicar tudo direitinho.

Kidult e Young Adult

A diferença, basicamente, é só o nome. São os livros para quem está começando a deixar de ser criança, por isso kidults, que é a mistura de kids (crianças) com adults (adultos) e young adult (jovem adulto). Os livros normalmente tem como fundo o colégio e os personagens principais ainda não têm 18 anos. Pode ter alguma coisa mais quente na história, mas não é o foco. Em tese são livros que chamam a atenção de pessoas entre 14 e 24 anos, mas não é uma regra. Costumam focar muito em bullying, família, status social, primeiro amor... Usam muitas gírias e normalmente é contado em primeira pessoa (mas não é uma regra).

A lista de livros desse "gênero" é bem grande. Harry Potter (J.K. Rowling), Crepúsculo (Stephenie Meyer), Gossip Girl (Cecily von Ziegesar), Percy Jackson (Rick Riordan), Dezesseis Luas (Kami Garcia e Margareth Peterson), Anna e o Beijo Francês (Stephanie Perkins) e por aí vai. (Lista)

New Adult

Novo adulto, assim dizendo. Esse pelo menos só tem um nome, bem mais simples de guardar. Esse é meu atual "gênero" favorito e eu nem sabia que ele tinha um nome certinho (para minha era tudo YA). O new adult é aquele livro que foca na vida de um adulto que ainda não é adulto, basicamente pessoas com mais de 18 anos que estão na faculdade e ainda têm muitas duvidas sobre o que vai ser da vida delas. Em tese esses livros são para pessoas entre 18 e 30 anos, mas assim como o YA isso não é uma regra. O foco dos livros (normalmente) é a faculdade, álcool, drogas, bullying, sexo, a perda da Inocência, brigas com a família, falta de emprego, medo de falhar na vida e por aí vai. Sem esquecer que eles também têm muitas gírias, como o YA, mas esses também têm muitos palavrões para o meio das histórias.

A lista de livros desse "gênero" é bem conhecida aqui no blog, haha: Belo Desastre (Jamie Mcguire), Walking Disaster (Jamie Mcguire), Easy (Tammara Webber), Métrica (Colleen Hoover), Crash (Nicole Williams), entre outros. (Lista)

NA ou YA?

Algumas pessoas afirmam sem medo de ser feliz que não existem diferenças entre YA e NA, como falei eu não via a tal diferença, mas elas estão aí e são até grandes. Alguns livros, como o que estou terminando de ler (Pushing the Limits), são entre "gêneros". Como assim, Izabela? Usando de exemplo o que estou lendo, ele tem foco em YA, se passa no colégio e trata de temas como família e primeiro (e verdadeiro) amor, mas ao mesmo tempo tem palavrões e algumas discussões mais NA (como o futuro, uma vez que eles estão no último ano do colegial). Ou seja, existe os dois "gêneros" e eles são diferentes, mas isso não significa que temos que fechar a mente e rotular tudo, rs! Espero ter ajudado.

8 comentários:

  1. Oi Izabela! Eu também andava meio confusa com os novos gêneros literários, eu digo simplesmente que gosto de romance, rsrsrs. Seu post ajudou muito.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também falo 'romance', é beeeeeeeem prático! haha
      fico feliz que tenha ajudado! *-*
      bjs bjs

      Excluir
  2. Adorei... muuuuuuuitos dos meus livros estão nesses gêneros, se duvidar, 90% kkkkkkkkkkkkkkkk'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que 99% dos meus livros são NA ou YA hahaha

      Excluir
  3. Bem interessante essas denominações, mas no geral são todos romances né rsrs o que muda é a "pegada" de cada um. Desses livros das suas fotos só li a trilogia Jogos Vorazes e gostei bastante ;)

    Diego de França
    http://leitorsagaz.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/leitorsagaz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, por isso fiquei colocando gênero entre aspas! rs
      JV é muito bom mesmo :DD

      Excluir
  4. Aquele momento que até o gênero literário te rotula como uma quase adulto. Não tá fácil essa vida de quase vinte. Hahhahahaha!

    Beijos, Iza!

    ResponderExcluir