sábado, 15 de junho de 2019

Na Estante: A Garota do Calendário - Outubro


Olha eu aqui de novo para falar sobre essa série que é uma montanha-russa de amor, confusão e emoções. Estamos quase no final, na verdade, eu já li tudo durante minha maratona de 24h, mas ainda estamos aqui "batalhando" com as resenhas e, ok, deu para entender. Digo que é uma batalha não por ser chato resenhar, mas por cada dia eu ter menos tempo para fazer isso. Agora vamos falar menos sobre meus dramas e mais sobre os dramas da personagem principal, não é mesmo? Sim. O livro em questão é o décimo da série e isso já deixa meio claro que é uma boa você tomar cuidado com spoilers, caso ainda não tenha lido, é óbvio. O livro ficou com três estrelas e eu achei que foi o ponto mais baixo da série, como um todo. Ficou meio enrolado, sabe? O que é meio que esperado numa série tão grande, mas ao mesmo tempo não é legal (por vários motivos).

Mia está tentando se adaptar as novas partes de sua vida, o que inclui um relacionamento sério com o seu grande amor, mas nem tudo é tão simples como parece, afinal, nada é simples na vida dela. Wes passou por um momento muito traumático e aos poucos ele está tentando entender o que é ou não realidade e como ele pode fazer para voltar com o ritmo que tinha antes. Isso tudo vai acontecendo enquanto Mia tenta entender que rumo a vida dela deve seguir agora que já conseguiu pagar as dividas do pai e que está com tudo relativamente organizado a sua volta. 

"A história não era minha para que eu contasse." - Página 61

Ok, vocês já sabem, quando é resenha de meio de série (nesse caso, final) não tenho como escrever muita coisa. O que me fez dar três estrelas para esse livro foi o fato de que ele é meio inútil. Claro, é uma leitura ok e cumpre o papel do mês, mas tem muita coisa não necessária acontecendo ao mesmo tempo. Sem esquecer que a relação de Wes com a Mia, que sempre achei fantástica, ficou bem cagada durante o mês em questão. Forçada, problemática e mais algumas outras palavras que não consigo pensar (de forma leve, pelo menos) agora. Vale a pena? Sim e não. Sim por fazer parte da série e por ser preciso ler para dar continuidade, mas ao mesmo tempo não, porque deixou a qualidade da história lá em baixo. Ou seja, nem eu sei muito bem do que estou falando, rs.

A Garota do Calendário - Outubro
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 144
Skoob do Livro.
Meu Skoob.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Na Estante: Tudo Nela Brilha e Queima


Li esse livro já tem algum tempo, mas adivinha só... estava sem tempo de resenhar e, para falar a verdade, não sabia muito como resenhá-lo uma vez que ele não é um romance. Estamos falando de um livro de poesias que vai muito além disso. É um livro que toca lá na alma e que nos faz pensar muito. Como fui chegar nele? Instagram! Estava na aba de explorar do aplicativo e logo uma poesia da autora apareceu por lá. Me apaixonei. Parecia que aquilo tinha saído de dentro da minha cabeça e do meu coração. Comecei a seguir a escritora e a cada postagem me identificava mais com o que ela postava e, até quando não me identificava, eu gostava muito do que estava lendo. Foi aí que um dia ela postou uma foto do livro dela e eu percebi que tinha um livro (hehe). Na mesma hora peguei meu kindle para procurar em ebook. Tudo não levou nem duas horas. Desde achar e comprar o ebook até devorar tudo de uma vez só. Com isso, é claro que esse livro ficou com cinco estrelas.

"Sigo apaixonada pela mulher que batalhei pra ser."

"Repetirei quantas vezes for preciso que a sua casa é você mesma."

Minha dúvida maior sobre a resenha era como eu ia contar sobre o livro, uma vez que ele não tem história. Não temos personagens aqui e nem um começo, meio ou fim. Temos trechos que saíram do fundo do coração da autora e que ela colocou para fora por motivos diferentes e de formas diferentes. São coisas alegres, mas também são coisas tristes. São coisas reais, muito reais. Trechos que queremos ler e outros que, simplesmente, precisamos ler e pronto. Como colocar isso em palavras? Como explicar algo tão diferente do que estou acostumada a escrever por aqui? Bom, acho que acabei de fazer isso, não e mesmo? Em resumo, você precisa dar uma chance para esse livro. Caso não seja muito seu estilo, bom, não era muito o meu também. Ou seja, dê uma chance mesmo assim. E se, mesmo com tudo isso não quiser tentar, pelo menos leia trechos lá no instagram, porque eu juro que vai valer a pena.

Tudo Nela Brilha e Queima
Autora: Ryane Leão
Editora: Planeta
Páginas: 192
Skoob do Livro.
Meu Skoob.