domingo, 6 de dezembro de 2015

Na Estante: Perdidos Por Aí


A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa, ela é tão (simplesmente) linda que eu coloquei na cabeça que precisava ler esse livro, isso tudo sem nem saber qual era a história, rs. Para minha sorte, o livro é tão bom quanto a capa e ele ganhou quatro lindas estrelinhas lá no meu skoob. É diferente de tudo que eu já tinha lido e, por mais que me lembre um pouco outro livro (Cidades de Papel, do John Green), a história é única e muito criativa. Eu li o livro em pouco menos de um dia e isso fala muito sobre ele, não é? A escrita é leve e quando você percebe já passou da metade da história. O livro conta bem mais de uma única história de um único personagem e, de começo achei que isso tinha tudo para dar errado, mas não foi bem assim. Por isso, se ficou curioso para conhecer melhor o livro é só continuar lendo a resenha!

Hudson, Bree, Elliot e Sonia não têm nada em comum, nem mesmo a cidade em que vivem. Essa era a verdade, pelo menos até Leila passar pela vida deles. Ninguém sabe muito bem de onde a menina vem, só sabem que ela chega com seu carro vermelho, bagunça tudo de uma forma muito boa e, depois, vai embora com a mesma velocidade da chegada. Hudson acreditava que tudo em sua vida estava certo, que ele sabia cada passo que daria no dia seguinte e que nada mudaria isso, mas ele não sabia na verdade o que era viver, bom, pelo menos até Leila dar as caras em sua oficina. Bree estava fugindo de tudo e de todos, não tinha medo de se meter em encrencas e não estava nem aí para as pessoas que realmente se preocupavam com ela. Ok, pode até ser legal não ter regras e viver por aí, mas em alguns momentos precisamos voltar para aqueles que realmente nos amam, e é isso que Leila mostra para ela, pelo menos depois de aprontarem muito. Elliot acreditava no felizes para sempre e numa vida com um roteiro de cinema, mas o que ele não sabia era que nem todos sabem o script para poderem seguir com as cenas esperadas. Mais uma vez, Leila aparece para mostrar que as mudanças são boas e uma troca de diretor pode ajudar o filme a fazer mais sucesso. Sonia acredita que não consegue mais amar, depois de perder o namorado, mas também acredita que não pode guardar todas as dores para si mesma. E é claro que Leila estava passando por lá quando ela mais precisava.

"Carpe diem é uma filosofia bem conhecida, mas, 
se fosse fácil poê me prática, não teríamos de passar o 
tempo todo lembrando uns aos outros." - Página 74

O livro é uma mistura de contos que tem uma personagem em comum. Me lembrou muito aqueles filmes que têm várias histórias diferentes, mas que no final são todas ligadas por um ou dois personagens. De começo achei que isso seria bem confuso, mas o autor conseguiu contar cinco histórias de uma forma muito simples e bem feita. Em alguns momentos as histórias ficavam um pouco forçadas demais, e a escrita não conseguia deixar a situação crível, foi por isso que o livro ficou com quatro estrelas, mas de forma geral é algo realmente que vale a pena. Se você gosta de histórias sobre descobertas, recomeços e que todo mundo precisa se perder um pouco para se achar de verdade, esse livro definitivamente é para você.

Perdidos Por Aí:
Autor: Adi Alsaid
Editora: Verus
Páginas: 294
Skoob do Livro.
Meu Skoob.

6 comentários:

  1. Oláá
    Esse livro será uma das minhas próximas leitura e também me apaixonei pela capa, espero curtir bastante e sua resenha ficou ótima, querida

    Bijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! =)
      Depois me conta o que achou! Fico feliz que tenha gostado da resenha, xuxu! ^^

      Beijos

      Excluir
  2. A capa é muito linda mesmo. Impossível não se encantar por ela.
    Pelo o que parece, a narrativa é como em Pretty Little Liars, A Turma e outros livros adolescentes, nos quais os enredos dos personagens se mesclam. Se realmente a autora souber desenvolver a estória, a coisa funciona super bem. Não sei se leria esse livro, mas curti sua resenha.

    http://criptografandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É bem complicado, mas quando bem escrito é tudo de bom! <3

      Excluir
  3. Oi!
    Eu estou muito curiosa com esse livro. À princípio era pela capa, mas a sinopse e algumas resenhas que li por aí me deixaram encantada. Espero não estar criando muitas expectativas, rs.
    Beijos.
    http://www.moleca20.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gostou das resenhas acredito que goste do livro! =)

      Excluir