sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Na Estante: Vem Comigo


Eu ainda estou sem palavras sobre essa leitura. Sério. O livro veio na minha primeira caixa do clube de leituras da Carina Rissi. Eu sabia que ela não colocaria livros ruins ali dentro, mas uau. Esse livro me surpreendeu demais. Comecei a leitura sem colocar muita animação, mas fui entrando na vida da personagem principal e torcendo demais por ela. No final das contas, o livro teve uma virada muito radical na história que me deixou sem acreditar que eu não tinha reparado aquilo. Sério, eu não imaginava de verdade. O livro, é claro, ficou com cinco estrelas e foi uma das melhores surpresas literárias que já tive. Ele não chamaria a minha atenção na estante de uma livraria e sua sinopse me deixaria com um pé atrás, por não parecer meu 'estilo' de leitura, mas mesmo assim ele me fez começar o ano (de leituras) muito bem. Acho que é essa a ideia real por trás do clube, ler coisas inéditas e que surpreendem. Menos papo e mais ação, né? Vou contar um pouco mais sobre essa história e depois continuo falando o que achei sobre ela em detalhes.

Tegan estava no melhor momento da sua vida. Era casada com o amor da sua vida, estava trabalhando com o que mais amava e, para completar o pacote, estava esperando seu primeiro filho. É assustador como tudo pode mudar em questão de segundos. Em um momento ela e seu marido, Gabe, estavam indo para uma festa de natal e, no segundo seguinte, os dois estavam no meio de um terrível acidente de carro. Ele estava dirigindo, perdeu o controle e, com isso, ela perdeu o bebê e ainda teve sérias complicações no hospital. Como seguir com a vida? A raiva pelo marido crescia a cada segundo em que ela lembrava que não teria mais seu filho em seus braços. E é no meio de todo os caos que Gabe a lembra do "pote dos desejos" que os dois criaram. 

"Se eu quiser que as coisas funcionem, preciso passar menos 
tempo focada em tudo o que perdi naquela noite e mais 
tempo tentando descobrir como viver sem 
o que ficou para trás." - Página 194

Um pote simples, mas que carregava todos os maiores sonhos que eles tinham. Era o que ela precisava, mesmo sem saber ou aceitar isso. Viagens e planos que estavam esquecidos no fundo do armário, mas que poderiam resgatar a vontade de viver e de conviver que estavam faltando na vida de Tegan desde o acidente. Desde conhecer a bagunçada Tailândia até mesmo pegar algumas ondas nas ensolaradas ilhas do Havaí. Aos poucos as coisas vão se encaixando e, algo que poderia ser simples, se torna ainda mais complicado, mesmo que muito necessário. Tegan teria que enfrentar algumas verdades que estava tentando ignorar para poder decidir se tentaria ou não voltar a ser feliz. 

Já falei ali em cima, mas vou repetir mesmo assim: Sem palavras. É um livro sobre se descobrir e sobreviver a um trauma inimaginável. Um livro real e emocionante que te faz torcer pelos personagens e, ao mesmo tempo, te faz pensar muito também. Quando a história começa, a personagem principal é só um pouco mais velha do que sou agora e isso me deixou meio abobada. Muitas vezes esqueço que sou adulta e que a realidade não é mais um mundo mágico e simples. Não posso deixar de comentar que os personagens são muito bem escritos e muito bem estruturados também. Uma história que as vezes leva o seu ar, mas também te faz ter vontade de buscar aquela caixinha de sonhos que ficaram esquecidos.

Foi uma leitura muito boa e que valeu super a pena. Como veio na caixa do clube, vieram também alguns brindes que acompanhavam a história. Achei fantástico a ideia de abrir coisas relacionadas a história em páginas certas do livro, mas, ao mesmo tempo, achei os brindes bobinhos e um pouco "jogados" (um dos meus, inclusive, veio quebrado). Em resumo, a caixa valeu bem a pena, assim como o livro, mas acredito que a editora ainda precisa pensar um pouco mais e com mais carinho os brindes. Ah! Carina Rissi, sabia que não me decepcionaria.

Vem Comigo
Autora: Karma Brown
Editora: Verus
Páginas: 305
Skoob do Livro.
Meu Skoob.

Nenhum comentário:

Postar um comentário